Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Jackie Maruka

Ela é o furacão que passa, mas que só te deixa no chão se assim você merecer.
O vulcão que explode, mas só se o "clima" ajudar.
Por vezes grita, levanta o punho e Bate no peito!
- Empunha a espada, mas que no fundo preferiria nem ter de usar o escudo
E quando despida de sua armadura, veste a alma e a inocência da juventude.

Menina, mulher, bandida e mocinha;
- Canção em movimento...

Linda toda, toda linda ela,
Toda beleza se reconhece nela.
Jackie Tequila, ceva,
Coca-Cola e água...

Seu nome é Jackie! Jackie! Maruka...

terça-feira, 26 de abril de 2011

Tiele Maria

Ela é um dia de domingo...
É o dia lindo de um feriado nacional!
A tarde morma da praia do Jáca num banho de sol.
Uma semana inteira de carnaval.

A brisa valsante das folhas do outono...
O abraço apertado que no inverno aquece,
O beijo demorado que você não esquece;
Ela é o sol...

A cor morena na pela e na alma,
O doce tom de mel nos olhos e no coração.
Ela é a sobriedade e a calma...

É a fera, o bicho, o anjo e a mulher!
A mãe e a filha. A irmã e a menina.
Ela já fora Ísis...Ela é o sol!

sexta-feira, 1 de abril de 2011

- Nós olhamos para dentro do abismo e o abismo olha de volta para dentro de nós.

Prólogo:

- Quando olharmos tempo de mais para o escuro, a vida então será vista pela sombra de nós mesmos e um abismo surgirá entre nós e o mundo.

1/2

"A luz repousa em nosso corpo e logo metade de nós se faz em sombras.
E então a pupila, em reverência, se ajoelha diante do brilho
E, sem temer, se ergue na escuridão."

 Epílogo

"- Que eu queira o infinito! E que que não desista enquanto não encontrar."


*In Memoriam aos curiosos desenhos sobre O Mito da caverna, na aula de Mkt político.